TODO MUNDO LÊ... VOCÊ!

Casa de Ideias

November 29, 2017

A famosa arquiteta Jeanne Gang definiu arquitetura como uma forma de mudar como as pessoas estão interligadas. “Penso na arquitetura como um sistema que configura várias oportunidades para que as pessoas se relacionem entre si e sejam fortalecidas. Quais são as oportunidades para as pessoas interagirem? Como os edifícios podem criar novos relacionamentos? Isso pode ser através de espaços ou materiais, tanto velhos quanto novos, de baixa ou alta tecnologia, eu busco por tudo para encontrar o que funciona melhor".

E se a vida é a arte do encontro como dizia Vinícius de Moraes, a empresária Raquel Zica possibilitou que arquitetos, designers e demais profissionais da construção civil estivessem reunidos em prol da arte criativa. Com liberdade para criar, os profissionais montaram ambientes que foram apreciados e votados pelo público. A intenção foi mostrar a importância dos profissionais que acompanham os projetos de criação e decoração do início ao fim.

A Casa de Ideias foi uma realização do Espaço Casa e juntou Decoração, Moda, Beleza e Estilo em um só lugar. Quem esteve por lá conferiu que é possível tornar qualquer ambiente o lugar dos sonhos! Confira a seguir os profissionais que participaram do Casa de Ideias 2017 nos seus respectivos ambientes decorados!

 

 

(Fotografia e edição: Arthur Lameira | Look: Empório K e Aramis)

 

Cláudia Ferreira Almeida

 

Inspirada em arquiteturas contemporâneas, Cláudia Ferreira Almeida, afirma que as viagens são fundamentais para atualizar o conhecimento. “As ideias vão apenas surgindo”, contou. Para a pernambucana de Bom Jardim, a arquitetura está em constante mudança, e hoje é como uma fusão de todos os estilos e tendências.

Formada pelo Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP), Cláudia, fez parte da primeira turma de Arquitetura e Urbanismo no estado e tem um carinho especial por projetos de interiores. Para ela o projeto ideal deve aliar a personalidade à necessidade do cliente, e afirma “é possível transformar um ambiente em um espaço agradável sem arcar com muitos custos, desde que o ambiente não esteja totalmente degradado”. 

(ferreiraalmeidaclaudia@gmail. com | Instagram: @ferreiraalmeidaclaudia)
 

 

Alberto Oliveira

 

Natural do Pará, Alberto Oliveira de Macêdo Junior, veio para o Amapá através de oportunidades de trabalho. Aqui, concluiu o curso de Arquitetura no Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) e atua na área de Planejamento e Projeto (linha de pesquisa horizontal).

Como lida diretamente com o processo para quantificar o tempo e orçamento que um projeto custará, para Alberto, “o conceito de espaço em arquitetura tem muito a ver com a sua função e com o uso de materiais alternativos que alcancem o mesmo efeito plástico que queremos, embora tenhamos limitação dos recursos financeiros”.

Segundo o arquiteto um projeto para se tornar ideal precisa ter funcionalidade sem perder a beleza, por isso, está sempre em busca de conhecimento em publicações da área, Internet, feiras e mostras de Arquitetura e Decoração. Tudo para alcançar o seu objetivo que é “ver a satisfação e o entusiasmo das pessoas com um trabalho finalizado”.  
 

(Av. Francisco Soares, 268 - Jardim Marco Zero | Contato: 96 981197373 | aomjr31@gmail.com)

 

 

Suzy Souza e Natacha Klare

 

Para Susy Sousa, o amor pela Arquitetura nasceu literalmente dentro de casa. Administradora por formação foi no desafio de reformar e transformar uma casa antiga em lar que Susy viu crescer uma vontade de levar aquela satisfação que sentiu a outras pessoas.

Formada pelo Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP), é pós-graduada em Design de Interiores e está se especializando em Master em Arquitetura e Lighting Design. Para arquiteta, na profissão é desafiada a “criar projetos de qualidade, com funcionalidade, compreender a identidade local, adequando a diversos padrões de exigências e disponibilidade de recursos. Além do mais a arquitetura é uma das poucas profissões em que a palavra monotonia não se encaixa, então faço dela um estilo de vida”.

Se a vida e a Arquitetura se misturam, viajar é um ponto forte para inspiração. “Volto com meu repertório renovado”. Susy também contou que um bom briefing com o cliente permite com que ela mergulhe no mundo dele e a criatividade aflore mais rápido. E finalizou “um projeto ideal é aquele que reúne sustentabilidade, estética e funcionalidade que impactem com relação à qualidade de vida das pessoas”.

 

(Rua Claudio Lúcio Monteiro 1375-A - Santana-AP | Av. Pedro Álvares Cabral, 1101 - Fundos (Complexo Ver-o-rio / Belém-PA) | Contato: 091 981279704 | contato@susysousa.arq.br | www.susysousa.arq.br )

 

A união de funcionalidade, conforto e estética formam o projeto ideal para Natacha Klare Cambraia Dias Batista. A arquiteta amapaense acredita ser possível transformar um espaço sem gastar muito ao começar pela criatividade e boas ideais, claro, analisando cuidadosamente as prioridades e necessidades de cada cliente.

 

Arquitetura de Interiores, Arquitetura Residencial e Comercial são as áreas que Natacha mais se identifica. Formada pelo Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) desde 2013, se atualiza através de cursos de capacitação profissional, pós-graduação, seminários e visitas a feiras de arquitetura. “A internet é uma fonte de pesquisa que utilizo quando quero conhecer novidades da arquitetura global, devido as mudanças constantes no seu contexto”, contou.

 

Sobre sua inspiração, Natacha diz que vem de Deus “que projetou todo o universo com tanta perfeição, apenas com a força de suas palavras. Assim, tudo que faço, realizo de coração, como se fosse para Ele, conforme dispõe Colossenses 3:23”, e completa “o dia a dia me inspira significativamente, onde cada manhã tudo se faz novo, o que me impulsiona a estar sempre disposta a contribuir para a realização dos sonhos dos meus clientes”.

 

(OPB Arquitetos Associados - Av. Mendonça Furtado, 1081 - Centro | Contato: 96 98112-1965 | natacha_klare@hotmail.comInstagram @nk_natachaklarearq | Facebook @nk.natachaklarearq)

 

 

Odilsa Benjamim e Kell Rôla

 

A amapaense Odilsa Picanço Benjamim escolheu a Arquitetura como profissão por causa da aptidão para artes e seu senso criativo. Graduada pela Universidade Da Amazônia (Unama) é especializada em Iluminação e Design de Interiores pelo IPOGGO e direciona seu trabalho para as áreas de Projeto Arquitetônico e Urbanístico; Arquitetura de interiores: Comerciais e Residências; e Projetos de Iluminação (Luminotécnicos).

“É fundamental a contratação de um bom arquiteto, ele é o profissional especializado para acompanhar o passo a passo de um bom projeto, desde os primeiros estudos da criação até o Projeto Executivo sem pular as etapas. Ele sabe interpretar toda e qualquer necessidade do cliente”.

Para Odilsa, o arquiteto é um grande idealizador de sonhos e a inspiração é fundamental para uma boa criação. “Me inspiro muitas das vezes em elementos da natureza como materiais rústicos que possam valorizar a edificação e o ambiente”, contou ao explicar que o contexto natural é uma fonte de várias ideias na hora de projetar. “Ele nos fornece os materiais que poderão ser utilizados na construção, onde ao se utilizar esses materiais locais se torna normalmente mais barato e de uma excelente manutenção por se tratar de uma mão-de-obra local”.

E para manter a criatividade aflorada, a arquiteta se atualiza através de diálogo entre colegas da área, além de participar de cursos, pesquisas, feiras e viagens.

 

(Av. Mendonça Furtado,1096 - Centro(96) 99134-6313 | odilsa-luce@hotmail.com)

 

A Arquitetura foi uma consequência na vida de Kell Rôla. Graduada em Serviço Social, a vida em uma de suas reviravoltas a tornou empresária do ramo de iluminação. “No decorrer deste processo me especializei em Iluminação e Design de Interiores pelo IPOG e senti a necessidade de mais conhecimento na área, o que me levou a cursar Arquitetura”, disse.

A graduação veio através do Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) e logo depois a especialização em Master em Arquitetura Lighting pelo IPOG. Hoje, a arquiteta afirma que “tenho nesta profissão minha satisfação pessoal, por isso que o fato de concretizar sonhos dos demais me deixa realizada e faz com que eu veja o mundo sob outra ótica”.

Baseada em sua experiência, Kell reafirma que projeto ideal é aquele em que o arquiteto consegue entender as aspirações e estilo do cliente, sem esquecer-se de adequar o projeto a seu orçamento.  “De posse de tais informações, trabalhar para dar forma e funcionalidade, transformando este sonho em realidade”.

E se a empresária vê na sua profissão uma forma de realizar sonhos, a sua inspiração vem em observar o lugar, a natureza, as pessoas e o sonho idealizado de cada um. “Inspira-me sempre o desafio de projetar um trabalho melhor que o outro, criar algo que atenda a imaginação do cliente de forma que supere todas as expectativas dele. Isso é inspirador”.

 

(Av. Mendonça Furtado,1081 - Centro | (96) 99136-0208 | kellrola@hotmail.com | Instagram: @kellrola.arq)

 

 

Renata Colares

 

“Sempre pensei que poderia trazer alternativas e melhorias na vida das pessoas e nas cidades”. Foi com o objetivo de fazer a diferença que Renata Colares de Souza escolheu sua profissão. Proprietária da CRX – Arquitetura e Construção, ela tem a área como sua vocação por poder criar uma nova forma, mudar um ambiente, reutilizar espaços, realizar sonhos. “É um presente, pois torna o trabalho prazeroso e satisfatório”.

Atender a necessidade do cliente tornando o projeto acessível, exclusivo e prático é o que faz um projeto ideal para arquiteta que tem no Design de interiores a área que mais se identifica. “Podemos ter liberdade de criar e modificar um ambiente já construído, trazendo funcionalidade, estética e conforto”, contou a pós-graduada em Gerenciamento de obras, tecnologia e qualidade da Construção pelo IPOG – Brasília.      

Renata afirma que o profissional de Arquitetura deve estudar sempre, buscar especializações, participar de feiras da área, seminários e congressos, fazer cursos, e, claro, viajar para conhecer a arquitetura de outros países.

Inspirada pela satisfação em atender as necessidades dos clientes, a jovem finaliza: “através da minha profissão posso realizar sonhos e mudar uma situação com uma ideia que poderá fazer toda diferença na vida das pessoas e na cidade de Macapá”.

 

(Contato: (96) 99141-8885 | renatacolaresarquiteta@gmail.com | Instagram: @crxconstrucoes @renatacolaresouza)

 

 

Anderson Auzier

 

“Desde pequeno desenhei, gostava de cálculos e tinha uma boa percepção visual. No segundo ano do Ensino Médio rabisquei alguns desenhos de casas, minha família viu e questionou: ‘Por que você não faz Arquitetura?’ Eu pensei: ‘por que não?’ E então nesse dia me decidi”, lembrou o arquiteto Anderson Auzier.

Formado pelo Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP), é pós-graduando em Master em Arquitetura e Lightning e atua com projetos de arquitetura e interiores. Segundo o arquiteto, todas as ferramentas de informação são válidas para gerar conhecimento. “Revistas, sites, fanpages, cursos, e por aí vai... O mais importante é estar sempre informado. Precisamos estar em processo constante de aprendizado”.

Anderson defende que o profissional precisa ter mente aberta, pois se aprende tanto dentro do canteiro de obra quanto em cursos com professores renomados. E se um projeto precisa ser exequível, funcional e representar o cliente na sua forma estética, ele explica que tudo depende primeiramente do gosto e estilo que o cliente deseja.   

“Com relação aos investimentos, você investe no que tem mais valor pra você. Não adianta eu, como profissional, sugerir que o maior valor do seu orçamento seja gasto no seu quarto se o que você mais valoriza é o espaço da cozinha”.

O jovem, que tem como inspiração profissionais de sucesso na área, contou que admira alguns trabalhos e sempre tenta pensar o que pode fazer pra que a sua carreira também sirva de inspiração para outros, e completa: “olho para alguns colegas tanto do cenário local como nacional e vejo o quão longe podemos ir”.

(Rua Eliezer Levy, 3107B - Trem | Contato: 96 981346507 | duoarquiteturaap@gmail.com | Instagram: @duoarquiteturainteligente)

 

 

Isabella Sussuarana

 

Cursos, feiras, viagens e tudo mais que a internet possa oferecer sobre Arquitetura servem para que Isabella Dias Sussuarana se mantenha atualizada. A arquiteta amapaense escolheu a profissão pela capacidade de idealizar e realizar sonhos.

“Acabo fazendo parte da história de vida das pessoas. Essa possibilidade de realização é um sentimento extremamente gratificante para um arquiteto que sonha junto com seu cliente”, contou.

Atender as necessidades e expectativas do cliente é o que faz de um projeto o ideal. “É possível mudar um espaço gastando exatamente o que o cliente pretende investir, sem ultrapassar os valores estimados por ele, é preciso um bom briefing, pesquisas no mercado, criatividade e bom gosto”, disse a arquiteta formada pela Universidade da Amazônia (Unama).

Pós-graduanda em Master em Arquitetura e Light pela instituição IPOG, Isabella atua com Interiores e Paisagismo e afirma: “para criar você precisa estar motivado e conectado com as particularidades do cliente, ele é a inspiração”.
 

(Av. Almirante Barroso 219A - Centro | Contato: (96)98134-8293 | sussuaranaarquitetura@gmail.com | Instagram: is_isabellasussuarana)

 

 

Gabi Cunha

 

Influenciada pelo amor da mãe por decoração, Gabriela Cunha Crispino, sempre gostou dos segmentos de Artes e Decoração, motivos pelos quais escolheu a Arquitetura como profissão. Formada pela Universidade da Amazônia (Unama) e pós-graduada em Gestão de Obras pelo IPGC e Light Design pelo IPOG, sendo o Design de Interiores a área em que mais se identifica.

 

“Pequenos detalhes podem mudar um ambiente por completo. Um papel de parede, uma decoração no lugar certo, e até a remodelagem do layout pode trazer um novo cenário fantástico”, contou ao lembrar que uma das possibilidades da Arquitetura é mudar um espaço sem gastar muito.

 

Sobre sua inspiração, a arquiteta ama tudo que lembra a natureza. “Muito verde, madeira e pedras. Mas também sou apaixonada pela novidade e não gosto de cair no trivial dos projetos”.

 

Gabriela é seguidora fiel de grandes nomes da Arquitetura e está sempre conectada às tendências através da internet e revistas. Além de cursos, feiras e exposições na área estão entre as formas de atualizar o conhecimento da jovem profissional que afirma: “Gosto mesmo é de ser diferente!”.

 

(Contato: 96 98133-9995 | gabicunhacrispino@gmail.com)

 

 

Hellen Monike

 

Hellen Monike Lobo de Queiroz escolheu a Arquitetura por causa do planejamento e das tecnologias de construção, exploração da arte, criatividade, bem-estar e beleza que proporciona. Para arquiteta formada pelo Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP), a área também possibilita que o profissional seja independente nos locais de trabalho, podendo atuar em mais de um local ao mesmo tempo.

 

Outro ponto fascinante da profissão é viajar para que possa se inspirar. “É necessário que o arquiteto tenha um acervo cultural o suficiente para elaborar projetos para inovações de suas casas”. Mas seu conhecimento também está na internet através de sites especializados e redes sociais. “sempre pesquiso materiais que estão no mercado sendo lançados, vou a palestras, visito lojas especializadas durante as viagens e procuro participar de feiras de exposições da área”.

 

Entre suas pesquisas, Hellen despertou para os projetos de iluminação, vertente que mais se identifica. “O efeito que a iluminação gera é fantástico. Pode tanto aumentar o ambiente quanto diminuir deixando pequenos detalhes à vista dando um ar sofisticado ao projeto”, contou ao dizer que mesmo que seu trabalho seja, na sua maioria, de casas modernas, é apaixonada pelo estilo rústico. “O estilo rústico me dá a sensação de leveza e tranquilidade pela simplicidade e graciosidade do ambiente”.

 

Uma boa imagem, um jardim com pergolado, varanda para tomar café ou vinho com móveis amadeirados envelhecidos fazem parte de uma boa imagem. “Acredito que se ganha o cliente pelos olhos. Você tem que apresentar o projeto mais real possível para que o cliente possa ter a ideia de como vai ficar a casa dele, para ele poder se imaginar em um ambiente desse, assim como uma bela imagem te traz inspiração”, finalizou.

(Instagram: @ArquitetaHellenMonike | Facebook: ArqHellenMonike)

 

 

Gerson Gomes Rocha

 

O fundador da Bravo Arquitetura e Construções descobriu o amor pela construção civil por acaso. Foi em uma viagem para fazer um curso de inglês em New Jersey, nos Estados Unidos da América (EUA), que Gerson Gomes Rocha teve sua primeira experiência na área. “Desde então nunca mais parei. E hoje é o que eu gosto de fazer”.

 

O amapaense se especializou, fez cursos para instalação de materiais nos EUA e hoje trabalha na construção de casas de alto padrão. Com larga experiência, o empresário afirma que através de planejamento, até mesmo os imprevistos que ocorrem durante a obra, podem ser 100% controlados, bem executados. “É possível mudar um espaço sem gastar muito. O que o cliente precisa é de um bom planejamento e a escolha certa do profissional para que tudo ocorra como esperado”.

 

Antenado, Gerson está sempre de olho nas novidades do segmento através de redes sociais, sites especializados, além de participar de feiras. “Esses mecanismos são muito importantes para entender as tendências e mecanismos que facilitam a construção”, contou.

 

Há sete anos de volta ao Brasil, o empresário não deixa de lembrar dos que lhe ajudaram a conquistar o mercado amapaense. “Comecei na construção civil em 2004 nos EUA e nunca mais parei. Quando decidi voltar para o Brasil, em 2010, e iniciei a Bravo, pude contar com Odailson Benjamin. Grande parceiro, ele me ajudou a ingressar no ramo de casa de alto padrão no Amapá”. 

 

(Office Araguari - Av. Duque de Caxias, 1129 - Sala 1006 | Contato: 96 98114-1808 | Instagram: bravo_construcoes)

 

 

Morada.Lab

 

Acreditamos que a cultura, a arquitetura e o design são frutos de constantes intervenções humanas, que traduzem seus costumes e características em Morada. Assim procuramos materializar todas essas diversas linguagens e desejos em nossos projetos nos surpreendendo a cada resultado e sonhos realizados dentro do nosso estúdio e mundo a fora.

 

Os amapaenses Franco Ângelo Montoril e Marina Alcolumbre consideram o Morada.lab um estúdio multidisciplinar. Atuam em arquitetura, design de produto, interiores e gráfico, Iluminação e sustentabilidade, mas afirmam: “estamos prontos para qualquer desafio!”.

 

A inspiração da dupla está na possibilidade de diariamente compartilhar experiências, e mudar, de alguma forma, a vida das pessoas para melhor. E para continuar realizando sonhos, Franco e Marina não poupam investimento em capacitação.

 

Franco é formado em Design pela Universidade Estadual do Amapá (UEAP), técnico em Design de Interiores no Instituto Brasileiro Design de Interiores e atualmente estuda Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Amapá (Unifap). Em paralelo, o designer cursa MBA Executivo em Iluminação e Design de Interiores pela Universidade Gaúcha.

 

Arquiteta graduada pelo Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP), Marina é pós-graduanda em Reabilitação Ambiental Sustentável Arquitetônica e Urbanística pela Universidade de Brasília (UnB), e juntos, defendem que não existe um “projeto ideal”, mas que podem alcançar de forma singular o resultado desejado por cada cliente.

 

“Sempre que possível, buscamos fazer viagens que enriqueçam nossa bagagem de conhecimento a respeito das novidades e tendências que surgem na cena da Arquitetura e do Design, e nas mais variadas formas de cultura. Além disso, pesquisamos e vivenciamos tudo aquilo que possa enriquecer nossos projetos. E foi assim que acrescentamos em nosso nome a extensão “.lab”, que remete ao nosso constante laboratório”, finalizaram.

 

(Contato: 96 98121-7007 / 99167-7700 | estudiomoradalab@gmail.com | Facebook: estudio.morada.lab | Instagram: @estudiomorada.lab)

 

 

Gabriela e Carol Lustosa

 

Inspiradas pela vontade de realizar sonhos, Carol e Gabriela Lustosa formam uma dupla criativa que atua na ponte aérea Macapá – Belém. Ligadas pelo senso de elaborar projetos que unam a estética à funcionalidade, acreditam que o projeto ideal é aquele que atende todas as necessidades do cliente. “Na entrega, o cliente tem que estar satisfeito com o trabalho. O projeto tem que levar qualidade de vida e conforto, além de ficar dentro do orçamento que o cliente pensou inicialmente ou pretendia gastar”, disse Gabriela.

A dupla acredita que a Arquitetura e o Design permitem que um ambiente seja reformulado sem gastar muito, mas que para isso é necessário planejamento. “Hoje temos diversas técnicas construtivas, uma gama enorme de produtos e soluções. Boa parte pode-se fazer em casa e com poucos materiais. Pra começar, tudo deve ser muito bem pensado e planejado. Sempre começo colocando tudo no papel, ideias, medidas, orçamento. É valido investir no conforto e prazer pessoal, através de produtos de qualidade e mão de obra especializada”.

E para que as ideias estejam sempre fresquinhas, Carol e Gabriela estão antenadas a tudo que acontece de novidade na área. “Trabalho com as mídias digitais, então estou a todo o momento ligada (ou a maior parte do tempo) ligada no celular, internet. Sempre estou estudando, pesquisando, vendo vídeos, lendo revistas, reportagens”, contou Gabriela e adiantou que de todo universo da arquitetura se identifica mais com projeto arquitetônico em si e a parte burocrática (documentação, regularização de imóveis).

Sobre suas profissões, elas finalizam dizendo: “quando uma pessoa procura um profissional arquiteto/designer de interiores ele quer realizar um sonho, seja sua casa, seu quarto, seu escritório, sua empresa. E nosso trabalho é esse. Conseguir concretizar os sonhos dos nossos clientes. E concretizando os deles, concretizamos os nossos”.

 

(Av. Mendonça Furtado, 1334D - Centro | gabrielalustosadantas@hotmail.com | clprojeto@hotmail.com | 91 99271-1288 | Instagram: @arq.gabrielalustosa @clprojeto)

 

 

Studio Cobi

 

Formado pelas arquitetas Florence Cavalcante Porcy, Luciana Carvalho da Silva e Sibelle Cavalcante Monteiro, e o administrador Rodrigo Soutelo Souto da Silva, o Studio Cobi é especializado em Design de Interiores e Exteriores.

Unidos pela máxima de que a Arquitetura possibilita realizar sonhos e transformar a vida das pessoas, estão em constante busca de conhecimento através de especializações, cursos e workshops, além de marcar presença nas maiores feiras e eventos no Brasil, como feiras de Design e Expo Revestir.

“Nos inspiramos nas pessoas, pessoas que batalham diariamente para atingir seus sonhos e objetivos, pessoas que passam anos de suas vidas economizando para ter uma casa ou empreendimento dos sonhos. Nós como transformadores de espaços podemos contribuir com a realização desses sonhos, e isso nos motiva todos os dias a dar o nosso melhor em cada projeto”, disseram Florence e Sibelle.

Para os sócios, um projeto ideal consegue unir funcionalidade e estética, e que isso seja compatível às reais necessidades e identidade do cliente. Por isso, adotaram o slogan Soluções Criativas para a empresa.

“Em nossos projetos sempre levamos em consideração o orçamento pessoal do cliente, para que o projeto seja viável economicamente e não apenas um sonho inatingível”, disse, Rodrigo. Luciana completou: “em casos de orçamento apertado, uma alternativa é investir na reutilização de móveis antigos, propondo mudanças simples e econômicas que se harmonizem na composição do ambiente como um todo. Além disso, pesquisamos materiais alternativos, que contribuam com a estética e funcionalidade do espaço, mas com um bom custo-benefício”.

 

(Av. Antônio Coelho de Carvalho, 735 - Centro | Fone: 96 98134-8124 / 96 99139-4375 | Instagram e Facebook: Studio Cobi)

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2019 POR YOU COMUNICAÇÃO